sexta-feira, 4 de maio de 2018

Bolo low carb de cacau com cobertura de chocolate

O Nenas fez anos e, para variar, pediu um bolo de chocolate com pintarolas em cima (super original! #sqn :P ).

Como alguns de vocês já sabem, a véspera de aniversário (e o dia mesmo) foram muito maus porque ele estava a fazer febre de 4/4h pelo que eu fiz o bolo de chocolate mais prático e rápido de fazer que encontrei.

Acho que o deixei tempo a mais no forno, porque ficou sequinho, por isso, deixem apenas cerca de 30'. Deve ser o suficiente.


Precisei de:
- 7 ovos
- 4 colheres de sopa de mel
- 7 colheres de sopa de cacau em pó
- 4 colheres de sopa de óleo de côco
- 2 colheres de sopa de manteiga
- 100g de côco ralado
- 1 colher de sobremesa de fermento em pó

Cobertura:
- 50g de chocolate 70% cacau de culinária
- 4 colheres de sopa de leite de côco

Para a massa, foi apenas bater ovos com mel, cacau, óleo de côco e manteiga, e por fim juntar o côco ralado com o fermento. Levei ao forno a 180ºC numa forma forrada com papel vegetal

Para a cobertura, derreter os ingredientes e cobrir o bolo.

(nota: eu tirei um bocadinho da massa e da cobertura para fazer um mini bolo e lhe cantar os parabéns mal acordou)






segunda-feira, 16 de abril de 2018

Bolo de laranja

Cucu, minha gente!

Semana passada fiz anos, mas mal os consegui festejar, pelo que esperei pelo fim-de-semana para poder almoçar em família.
Como foi almoço, pensei em fazer do próprio bolo de aniversário a sobremesa.




Gosto muito de bolos com farinha de frutos secos por ficarem húmidos, por isso procurei um e adaptei (como já é costume meu). Toda a gente gostou!

Usei:
- 6 ovos
- 320g de farinha de amêndoa e nozes (triturei esta quantidade destes frutos secos até ficarem farinha)
- 70g de linhaça moída na hora
- 200ml de sumo de laranjas espremidas na hora
- 1/2 chávena de óleo de côco
- 4 colheres de sopa de mel
- 1 pitada de flor de sal
- 1 colher de chá de fermento

Bati as claras em castelo e reservei. Juntei todos os ingredientes e misturei bem. De seguida envolvi as claras.

Foi ao forno a 180ºC até ficar douradinho (cerca de 30').

Para o recheio, derreti em banho maria 75g de chocolate com 70% de cacau com 5 colheres de bebida de amêndoa.

Para a cobertura fiz uma coisa que faço muitas vezes em dia de festa: bati um quark com 1 scoop de whey de baunilha.


Experimentem!

sexta-feira, 16 de março de 2018

Brigadeiros de batata doce #2

Ora olá olá olá!

Ontem foi dia de descanso (do treino) e como tal, dia dedicado ao trabalho e família. Só e apenas. E é tão bom! 
Já não faço brigadeiros há imenso tempo e estava cheia de vontade de meter as mãos na massa. Supostamente, o Nenas ia ajudar, mas "estava muito cansado", por isso, tratei do assunto já depois de o deitar.


Então foi assim...

Inicialmente usei:
150g batata doce cozida e descascada
75g de chocolate 81% cacau
5g cacau
1 colher sopa manteiga amêndoa
2 tâmaras Medjol

Juntei tudo num recipiente até ficar homogéneo, com a ajuda da varinha mágica. Piquei meia dúzia de nozes e fiz as primeiras bolinhas, passando-as pelas nozes no final.


Durante este processo, pensava com os meus botões: isto não é só para o nenas levar para a escola. Dava um excelente pré treino, e ainda ficava melhor com proteína aqui à mistura. Então juntei aos cerca de 2/3 - 1/4 de massa que faltava moldar:
1 scoop de whey de chocolate
3 colheres de sopa de côco ralado
Mais 1 colher manteiga amendoa
1 colher chá óleo de côco derretido
E voltei a fazer bolinhas. Desta vez estavam mais pegajosas, por isso aconselho a moldarem primeiro com colheres e deitarem logo de seguida num recipiente com toppings. Neste caso, já usei cacau e côco.


Experimentam e contem como foi!


segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Bolo rápido de aveia

Quem é como eu que tantas vezes escreve no google "bolo rápido"? ahahah

Mas é mesmo! E ontem, ia ter visita dos meus pais lá em casa, assim em cima da hora, e lá dei comigo a googlar. Claro está que fiz o que faço sempre: junto duas ou três receitas, adapto e sai sempre qualquer coisa.

A ideia era fazer um bolo que não precisasse de banana para adoçar (como aparece em tantas receitas, mas eu estava sem bananas em casa), e sem farinhas com glúten (claro!). Seria para acompanhar um chá e tanto melhor seria se tivesse alguma proteína, para não ser apenas hidratos e gordura.

Saiu este!


Precisei de:
6 ovos
1 chávena de flocos de aveia
2 colheres de sopa de mel
125 g de iogurte grego ligeiro
3 maçãs
canela qb
1 colher de sopa de linhaça
1 colher de fermento
alguns frutos secos


Foi só reduzir tudo a creme, excepto os frutos secos e o fermento, juntando estes só no fim, e levar ao forno 45 minutos a 180 graus.


Saiu um bolinho básico, meio húmido, mas gostoso!

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Bolo de iogurte e laranja - paleo friendly

Fim de semana com casa cheia e crianças que não estão assim tão habituadas ao nosso estilo de vida. O que fazer?

Com certeza já se depararam com situações destas. Há sempre duas opções: ou fazem o que elas estão habituadas ou experimentam receitas que elas gostam e que nem notam que são "diferentes" - sem açúcar e sem trigo. Eu tento sempre a segunda opção - ou não fosse eu :P - porque me custa imenso comprar coisas que não compraria para mim para dar aos outros. Principalmente crianças que estão ali "em bruto" para serem moldadas.

Sábado saiu este bolo de laranja, que foi apreciado!


Precisei de:
5 ovos
4 colheres de sopa de mel
1 laranja
125 g de iogurte grego (usei o grego ligeiro do lidl)
75 g de azeite
200 g de farinha de aveia
1 colher de chá de fermento

Liguei o forno a 180ºC. E cobri uma forma de bolo inglês com papel vegetal. Reservei.
Bati os ovos com o mel e depois juntei o iogurte, azeite e sumo e raspa da laranja. Depois de tudo bem misturado, juntei a aveia e o fermento.


Levei ao forno por 40´.

Cobri com um chocolate quente inventado na hora: em banho maria derreti 30g de chocolate com 70% de cacau, ao qual juntei uma colher de manteiga e duas colheres de sopa de cacau em pó.



Estou a dever-vos isto...

Bom dia a todos os meus leitores! ^_^

Já muita gente me tem dito que o blog, a página, o IG andam meio que adormecidos, outros perguntam o que aconteceu, outros, simplesmente dizem "vá, Cátia! escreve!". E eu, já muitas vezes, disse que realmente não estou a produzir muito e que vai melhorar, mas o que é certo é que ainda não fiz grande coisa para que mudasse. Mas, ano novo, vida nova!, e não há desculpas agora!

Tudo isto tem explicação e eu já vos estou a devê-la há muito tempo. Porque me seguem, porque me acompanham, porque muitos viram a página nascer, porque muitos, seguindo os meus conselhos, alteraram a sua vida.

A vida tem altos e baixos, todos nós sabemos. O ano de 2017, para mim, foi um ano de muitas decisões, muito difíceis, como são todas as decisões que mudam a nossa vida para sempre. Foi um ano de muitas mudanças, muitas adaptações. E tive que canalizar todas as minhas energias para que, no meio de tanta mudança, o mais importante se mantivesse "bem", para que ficasse "melhor ainda" no futuro. Basicamente, dar todo o meu "tempo disponível" ao meu filho, para que ele mesmo passasse por tudo da melhor forma possível. Já em 2018, posso concluir que, pelo menos, essa "tarefa" foi concluída com sucesso ^_^

Dito isto, só vos tenho a dizer "sejam felizes".
Há uns tempos atrás, reencontrei um grande amigo, passados muitos anos, e perguntei-lhe, no meio da conversa a por em dia "... e estás feliz?". Ele respondeu "mas isso é possível? alguém é?". E esta resposta mexeu muito comigo. Mas então vivemos para quê? Não é para sermos felizes? Há que "tentar" ser feliz dentro das condições que temos na nossa vida, tentando encontrar a felicidade nas pequeninas coisas que nos rodeiam, quando o que é mais importante não está bem? É essa a opção? Ou podemos tentar mudar o que está errado?
A mudança "custa muito caro"- como dizia a canção "nobody said it was easy" - mas muitas vezes é a solução. É aquela sensação  de cair num abismo e não se conseguir ver sequer por onde trepar para chegar lá acima de novo. Mas depois há a voz e as mãos daquelas pessoas que nos amam que nos puxam e chegamos lá acima bem mais fortes e equilibrados!

Porque a vida é assim mesmo. Um jogo de equilíbrios. E eu, finalmente, estou a sentir-me "equilibrada" de novo. E quero voltar a organizar-me para vos escrever e partilhar o meu dia-a-dia, no consultório, em casa com a minha família. Porque ESTOU FELIZ e quem me continuou a seguir merece ver o resultado de toda esta mudança.

Um até já! E um excelente 2018 para todos!



domingo, 22 de outubro de 2017

"Mousse de chocolate da Cátia"

Como eu já referi tantas vezes, esta mousse foi inspirada na receita de mousse do Jorge do blog Sem Aditivos.

É a minha sobremesa de referência, porque os ingredientes são óptimos e, tendo em casa, faz-se muito rapidamente!


Ingredientes:
200g de chocolate com 70% de Cacau (mínimo)
1 colher de sopa de óleo de côco
4 ovos
3 colheres de sopa de bebida de amêndoa


Enquanto se derrete o chocolate com o óleo de côco em banho-maria, separam-se as gemas das claras e batem-se as últimas em castelo.
Entretanto, deixa-se o chocolate arrefecer e junta-se-lhe a bebida vegetal. Batem-se as gemas com um garfo e acrescenta-se a mistura de chocolate. Envolve-se as claras e já está!